Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘DJ LAURIZE’

 

Eu não ia escrever nada sobre o Festival The Join, porém me sinto na obrigação de divulgar a nota de esclarecimento liberada pela produção da festa sabendo o alto índice de visitas que este Blog possui em Goiânia, Brasília, São Paulo e Tocantins onde é o meu foco de trabalho. 

Antes preciso esclarecer que – O Blog cicuta não possui parcerias com nenhuma casa noturna ou produtora de eventos, pois este não é minha intenção enquanto blogueiro. Este é um Blog pessoal com idéias e fatos gerais.

Então . . . Vamos ao que interessa.

NOTA DE ESCLARECIMENTO
The Join Festival

O The PUB e a DJ Laurize vem através deste, agradecer o suporte de seus parceiros, assim como todas as pessoas que marcaram presença no Festival The JOIN nos dias 18, 19 e 20 de Dezembro.

Gostaríamos de informar que Tony Moran e Bill Hallquist partiram de nossa cidade muito contentes com o resultado e deixaram dezenas de elogios para a galera que balançou a pista nestes últimos dias e que não conteu forças para finalizar em nosso AFTER no The PUB, onde o DJ André Queiroz e os residentes fizeram da manhã de domingo uma extensão da noite de Sábado, finalizando com muita energia e alegria os três dias de evento.

Esperamos que esta experiência se repita novamente nos anos que estão por vir, e que tudo seja parte do aprendizado, pois é partindo desta idéia que o The PUB e a DJ Laurize esperam a cada ano criar condições agradáveis para que nossa sociedade possa entender a importância de abrir mais espaço cultural e turístico na cidade de Goiânia.

O festival, como vários eventos, tem seus imprevistos, porém muitas vezes o controle foge de nossas mãos e por esta razão gostaríamos de repassar que o som foi finalizado antes do desejado devido forças externas.

Foi ordenado por um órgão de segurança que o evento fosse terminado naquele horário através de um oficial superior com a explicação de que em poucas horas um evento filantrópico seria iniciado no estádio Serra Dourada, e todos deveriam evacuar o local para que a segurança do evento fosse organizada.

Tentamos evitar alegando as cláusulas de nosso contrato com o Estádio Serra Dourada, mas fomos pressionados, e prezando pela integridade física das pessoas que ali estavam, optamos, com muito pesar, em seguir as orientações deste oficial e não tivemos outra opção.

Devido este constrangimento, houve atraso na abertura do The PUB para o AFTER, pois estávamos programados sem a expectativa de que seriamos forçados a finalizar a festa no Estádio com meia hora de antecedência.

Acreditamos no entendimento de todos e esperamos que nos próximos eventos, situações como esta não venham a acontecer. Porem, não podemos deixar de lembrar que foram três dias de muita gente bonita, um ambiente agradável e muito carinho de todos as pessoas que abrilhantaram nosso evento.

Atenciosamente,

Equipe The PUB & DJ LAURIZE

 ——

Realmente a produção da The Join esta de parabéns.

Sabemos que a festa no Serra teve encerramento ás 5:30h por pura homofobia da Policia Militar.

É claro, precisamos que esta informação seja repassada para que as pessoas que se deslocaram de outros estados não pensem que Goiânia não possui fôlego para continuar a festa em um After ou que houve falta de organização.

Feedback – A produção do evento deveria ter informado ao público ( na festa) o porque do término naquele horário. Não somos seres imorais que possam causar constrangimento a um evento solidário ás crianças no Natal. E outra, a mídia local deveria direcionar a nota publicada pela produção da The Join, isto é HOMOFOBIA e não podemos nos calar diante deste fato.

As pessoas merecem respeito e os meios de comunicação que estão inseridos neste processo precisam difundir e discutir estes fatos infelizes que somos obrigados a passar.

Fui  ao Festival no sábado.

Umas das mais FABULOSAS produções já vistas em Goiânia e olha que minha presença é freqüente na noite Goiana, independente do segmento, assim como em outros estados e não deixamos a desejar. Goiânia esta de parabéns.

Eu nunca havia ido há uma festa que me respeitasse enquanto cliente. Digo isso em relação ao bar. DETESTO FILA. ( todas as “megas produções” que alguns produtores dizem fazer sempre pecam) E neste ponto a equipe The Join mostrou que economia não se faz com o público. Merecemos respeito e este a organização fez questão de prestar com muita categoria.

Adorei o som dos Dj´s convidados. Mas cá pra nós. Nosso Rei Silver ARRASOU! Abriu a pista e deixou saudades com gosto de quero mais, mereceu palco interativo (daqueles que cospem fogo e sputinique. Tipo produções das festas do Pará – quem não conhece joga no google) Laurize foi  ALGO não tem como explicar, talvez a palavra FANTÁSTICA seja adequada.

Outra dica para as produções e casas noturnas de Goiânia. *Nossos Dj´s são os artistas maiores das festas. São eles que seguram o público e fazem a noite acontecer. É uma classe desvalorizada. Sem eles, os empresários não seriam nada.

Pelo amor de Deus! Valorizem nossa arte. DJ é artista e eu enquanto artista e ativista da arte grito. Quanto mais NOME nossos Dj´s tiverem mais valorizados serão e mais público as casas noturnas terão com seus residentes. É uma questão de lógica, é uma questão de gestão.

Eles merecem a mesma evidência e interação com a produção (telões, vídeos, flyers que os outros Dj´s.)

Cachê de Drag Queen é maior que cachê de DJ. Ambos são artistas e quem põe a pista pra ferver é o som e este só eles sabem fazer.

Então é isso pessoal! Que as produções desta grandeza sejam continuas. Todos puderam ver que público e categoria nós temos.

The Join – Eu quero a próxima!

Esley Zambel*

Read Full Post »

POP_UP2_gaga_m2x

 

Queridos!!! Primeiro este é um relato pessoal sobre a noite de ontem. A Cicuta não foi cobrir o evento, fui fazer jogação e só.

 

Então . . .

 

Gente para tudo! Milhões de pontos pra organização, poucos negativos.

Há um tempo atrás fui em uma festa chamada Pinp N… ou quase isso. Um desastre, nem vale a pena comentar.  Confesso que fiquei com muito MEDO de ir na POP UP, fui porque a POP HOUSE estava apoiando o evento (mais pontos positivos pra organização, parceiros de peso) sei que a POP HOUSE tem qualidade, quem não conhece o espaço SIJOGA já, e é claro muitos amigos estavam presentes.

 

Pessoas! Vocês não tem noção, me senti tão gente, tão moderno. Tipo – uma festa com diversidade. Quer coisa mais moderna que isso? Todos os públicos estavam presentes, clãs super diversificadas. Consegui identificar – Uma parte da classe artística de Goiânia, Emos, Punk´s, Monetes Fashion, Modeles, Adolescentes Loucos, alguns do Rock, heteros, bis, homos, gente da moda, (ai chega de nomenclatura – DETESTO) Enfim…tudo junto e misturado.  ADOREI!

Gente! Até a Lady Gaga do cerrado estava lá. CHOQUEI! Bom! Choquei com a falta de noção do cidadão. Pensa! Um carinha lá (EU NÃO VI, OUVI RELATOS) chegou com um balão cheio de um liquido vermelho e simplesmente teve uma menstruação cerebral. Furou o balão acima da cabeça e escorreu o tal liquido por todo corpo – DETALHE – as pessoas que estavam próximas se sujaram com respingos do tal liquido. SEM NOÇÃO DEMAIS. Dica – Performance/Intervenção Artística em festa só acontece se a produção do evento contratar, nunca tente fazer a doida, pega super mal.

 

E teve  presenças VIP´s – A DJ Laurize (Super Conceituada) Os Atores Cristiano Mullins  e Neto Manich. Taty Ribeiro (A Hostess e artista que mais da saudade em Goiânia) EU, é claro também sou celebridade, com licença, obrigado! RS! Brinquei.

 

Tipo assim mundo, a estrutura estava tudo de bom, o Estúdio K e POP HOUSE arrasaram, os DJ´S conseguiram tocar tudo que a galera queria ouvir.

 

Mas como tudo não é só rosas, vamos CICUTAR. Hahahahahah!

 

Dicas de melhoria ta galera?

 

1° Fila não é tendência em Goiânia. (SOCORRO) e se tivesse chovendo? Hoje esta.

2° Fila em caixa também não é tendência em lugar nenhum.

3° quando forem fechar contrato com espaço do evento, estipule um horário mais duradouro, fechar contrato com término ás 2:00 da manhã é forte demais pra minha cabeça.

4° Bebida gelada e mais diversificada. Please! (nooosssaa pensei em inglês).

 

Dicas pra próxima festa-

 

1° Hostess – Tem que ser SUPER simpática, quase falsa. (Contrate um artista).

2° Intervenção Artística. Tem que ter pessoal, o público do evento adora este tipo de coisa. (me liga depois agente conversa).

3° DECOR – Foi ótima esta, mas pode se fazer mais.

 

Ou seja, poucas coisas foram pontuadas, zilhões de pontos pra vocês (organização).

 

Ah! Adorei o espaço, foi tão nostálgico. Meu primeiro espetáculo amador e profissional foi no palco do IGUÁ, Martim Cererê é o que há. Dá licença obrigado!

Amei também os vídeos que passavam na pista. Tudo!

 

O melhor de tudo foi a liberdade de poder ser o que se é. Se é que vocês me entendem.

Porque pra mim, todo mundo pode ser tudo.

Todos sem exceção estavam SIJOGANDO na pista, gente , tocou até FUNCK no final da festa, todos dançando boladona. Achei tão digno, tão descente.

 

Um abraço a todos os amigos que causaram nesta balada. Goiânia precisa de mais. É um pedaço de Nova York e Sampa aqui.

 

Desculpa! Não tenho fotos, não levei máquina (que ódio!) duas do celular. rs.

Imagem003Imagem000

 Ah! E um salve lá pra galera do Pit Dog da 10. KkKKKkKkKkK

Dica do Post – Pop House

 carmem2

Rua 1145 Qd262 Lt 03 Setor Marista – Goiânia – Goiás
Msn : pop.house@hotmail.com
Fone: 062-4141-4922

 

 

 

 

 

 

 

Beijos e Abraços CICUTADOS! (Ai… Que ressaca!)

 

Esley Zambe!*PICT0211-6

Read Full Post »