Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Se toca!’ Category

Então é NATAL? E Ano Novo também?

Tem coisa mais chata do que música natalina? Pelo amor de Deus, onde vamos parar?

Meu Feliz Natal no língua afiada vai pra todos…

Feliz Natal – a todas as lésbicas que pensam que são ogros, que não pedem licença, empurram. Que não pedem, gritam no balcão. Que quebram copos e acham que estão com a razão. Eu gosto mesmo é de Lady (GaGa). Eu gosto mesmo é de gente educada.

Feliz Natal – a todos os gays, que acham que são alguma coisa. Todos aqueles que gritam serem donos daquilo. Que usam a célebre frase: Você sabe quem eu sou?
Pelo tom das palavras não deve ser nada, quem é alguma coisa, logo, têm decência.

Feliz Natal – a todos que pensam que são estilistas. Que ditam moda por já ter trabalhado em shopping ou trabalham em agências capengas de moda. Moda é algo tão passageiro e individual que muda em cada estação. Pelo amor de Deus, demitem todas as Mirandas Priestlys homossexuais.

Feliz Natal –  a todos os VIPS da cidade. Que conseguiram pagar pelo menos uma vez a entrada de alguma festa e que prometeram ser fiéis em 2011.

Feliz Natal – aos decoradores que acreditam que balões são decoração de festa.

Feliz Natal – a todos os aproveitadores, oportunistas e mentirosos que criam ou usam situações para tirar vantagem. Que em 2011 sua voz desapareça e o papai Noel te presenteie com um bom livro da literatura brasileira.

Feliz Natal – a todos que pensam que trabalhar na noite é fácil. Que querem entrar no mercado e possuem o rei na barriga. Um beijo a todos que vão entrar no mercado, passar pelo canibalismo homossexual de VIPS e depois fechar.

Feliz Natal – aos queridos DJS. Que odeiam tocar Hits e não entendem que uma festa não é feita só de “colocadas”. Que o papai Noel possa te dar discernimento de mercado e entender que apenas as “suadas” e “saltitantes” estão curtindo seu som e que além do nariz de sua cabine existe um mar de gente que também gostaria de dançar.

Feliz Natal – a todos os “viajantex” que glorificam vibes Paulistas, Cariocas, Candangas, Mineiras, Estrangeiras, a todas que sugam VIPS goianas e vão gastar seus reais no mesmo calor de sempre.

Feliz Natal –  a todos que criticam a arte da cidade, que não conseguem diferenciar GaGa de Mad e Katy de Brity. Aliás, é apenas isto que sabem fazer. Diferenciar o igual, que o Papai Noel traga em seu imenso saco o MAGAZINE do O Popular e gramática básica para que possam ler que nossa cidade  pulsa cultura.

Feliz Natal – a todos que se afundam em pó (Royal) e não conseguem conversar na noite e choram o tempo todo quando amanhece, a todas que chupam doces e não param de empurrar e suar e todas que tomam água batizada e vomitam nos nikes, kildares e pumas da vida. Não solte PUM é proibido! Que o Papai Noel possa te dar uma rolha e um guia prático do viciado. De vez em quando ainda vai, de quarta a domingo falta paciência.

Feliz Natal – a todos que gritam pela igualdade e não conseguem respeitar quem está ao lado. Que Papai Noel possa te dar um banho de “Pó” mágico para que você entenda que assim como no restante do mundo, as pessoas não tiveram as mesmas oportunidades.

Feliz Natal – para pessoas como EU, que precisam em 2011 ter mais paciência com as diferenças. Porque pra se ter tempo pra escrever este tanto de felicitações é porque 2010 aconteceram várias mordidas na língua.

Feliz Natal e um Ano Novo cheio de realizações e que Goiânia possa ser melhor pra você.

Esley Zambel*

Administrador executivo e de produção site SiJoga.com

Ator, produtor e performer

Read Full Post »

Houve um tempo em que este Blog ficou fora de via, sem cria ou fantasia.

Está aberta a temporada Sem Meias Palavras.

O Blog Cicuta estará on line com o site sijoga.com  Acredita?

Comportamento: O comportamento é definido como o conjunto de reações de um sistema dinâmico em face às interações e realimentações propiciadas pelo meio onde está inserido. Exemplos de comportamentos são: comportamento social, comportamento humano, comportamento animal, comportamento atmosférico, etc. (ctrl C ctrl V – Wikipédia).
 
O ser humano é racional, social e atmosférico. Creiam! Começamos a coluna Língua Afiada para falar sobre VIP, ou quem se acha VIP.
Você é VIP?
 
VIP (da expressão inglesa Very Important Person tradução literal para “pessoa muito importante”), é uma sigla que designa pessoas importantes, influentes, ou altos funcionários com privilégios especiais. Expressão cunhada em 1933.
Conhecida praticamente em todo o mundo é usada também para designar lugares de alto luxo, de acesso exclusivo (Área VIP) ou mercadorias destinadas a pessoas VIP. É frequentemente usada em apresentações para designar lugares, quem pode ou não entrar nos camarins, etc. Um exemplo são os Lugares VIP (Obtida de “http://pt.wikipedia.org/wiki/VIP“).
Precisa falar mais alguma coisa? É claro que sim, porque o bicho homem além de ser racional ele é atmosférico, no sentido natural da palavra. E as pessoas da noite se acham atmosféricas. Falo com propriedade e veracidade de fatos.
 
Existem alguns fulanos e outros beltranos que enchem a boca pra falar “Eu sou VIP meu bem”. Pasmem! Quem trabalha na noite ouve isso com muita frequência. Eu costumo responder com humor, “Quem é você na noite?”
 
VIP em Goiânia se tornou obrigatoriedade pra quem é amigo de alguém ou conhecido de ninguén. Se tem VIP eu vou, caso contrário eu não vou. E se essa pessoa não vai a festa, não faz diferença nenhuma, eu vou explicar o porquê.
 
Sabem aquelas bees que são chamadas de “marrons” que trabalham o dia todo na cidade para ter dinheiro pra sair a noite? Então, elas nunca pedem VIP, pelo contrário, são essas que fazem questão de pagar, beber muito e dar lucro aos empresários porque elas querem “SIJOGAR” na noite e não dever satisfação a ninguém, satisfação esta que é associada a POSER (nariz em pé).
Sabem aquelas bees bicudas que usam da cabeça aos pés CK e Lacoste e andam de Peugeot? (algumas, porque a maioria saem de carona). São estas que tornam a vida de promoters, hostess, produrores, DJs, empresários, Drags e artistas num inferno nos finais de semana. Que povo chato! Elas começam a ligar na quinta-feira e só param no domingo e ainda têm a paxorra de pedir pra reservar VIP para próxima semana.
Se você fala que não tem VIP pro final de semana desligam o telefone na sua cara e se você cruzar com ela em alguma vibe nem te comprimenta.
 
Existe uma grande diferença entre querer ser VIP, poder ser VIP e ser VIP.
Uma certa vez ouvi da boca de uma ciclana a seguinte frase “Eu sou VIP porque faço parte do grupo das mais ricas de Goiânia”. Calma! Realiza! Se você é rica, porque você quer VIP?
Pessoas, CORTESIA não é associada a VIP. No quadro “Quem é você na noite?” Respondido por Ric Cavalcante (referência da noite) ele diz que ser VIP é ser tratado com educação, logo ele é muito VIP. E isto é a mais pura verdade.
Nenhuma casa noturna vive só de VIP/CORTESIA. Pagar para entrar numa festa faz bem. O que adianta se achar VIP, entrar com cortesia, não consumir nada na noite e ainda fazer bico para as marrons? Se toca né colega! Você acha que algum empresário ou produtor precisa de você no evento dele? Se você for um ex-BBB, Global, Artista, Formador de Opinião ou a Paris Hilton a resposta é sim. Caso contrário, você precisa de doses cavalares de bom senso e discernimento porque as marrons estão dando mais lucro que você na noite. De rosto bonito e nariz em pé as privates estão cheias, se você faz parte deste seleto grupo “sijoga” lá, porque você é VIP, EU NÃO.
 
Ser VIP: Pessoa ou lugar que possui um tratamento diferenciado com uma maior qualidade. A VIP pode ser comprada ou conquistada. Pra ser VIP primeiro você tem que ser educado. Segundo, ter pago para entrar em inúmeros outros lugares, inclusive onde você é VIP.  Terceiro, não atestar que está sem dinheiro e implorar cortesia. Quarto, ser rodeado de pessoas interessantes, porque se você pensa ser VIP logo você não é interessante, você quer se tornar interessante. Marcas tipo CK, Abercrombie, Colcci, Armani não compram VIP e por último e mais importante, consuma muito, mas muito mesmo. Elegância, simpatia e educação são portas de entrada com tapete vermelho em qualquer lugar, então adquira as suas com Glória Kalil, ela irá te fazer bem.
 
 
Respostas famosas de pessoas famosas:
 
Libera minha entrada?
– Eu não sou dona da boate.
 
Tem como você me passar lá?
– Desculpa! Eu não sou Marília Pêra.
 
Tem cortesia pra hoje?
– Não! Hoje eu só tenho VIP.
 
Posso ir com você? Ai você libera minha entrada.
– Vem cá… Eu te conheço?
 
 
 

Esley Zambel é ariano, ator, produtor e administrador do site sijoga.com e não tem VIP pra lugar nenhum nesta cidade.

Read Full Post »

Em uma pesquisa de fins jurídicos e processuais, levando em consideração que nesta terra existe lei e que dando fé defende todos e quaisquer cidadãos que possua uma conduta dentro dos termos da lei e que condena todo aquele que se propõe a fazer o mal ou que ousa de forma clara e objetiva prejudicar o seguimento da vida de outra pessoa cheguei até o artigo de José Antônio Milagre que é extremamente interessante e me pareceu eficiente levando em consideração os termos da lei.

Leia abaixo –

Lei protege internautas contra perseguição na web
POR JOSÉ ANTONIO MILAGRE

Você já se deparou com um usuário na rede que acessa sempre a sala de chat em que você está e lá faz questão de insistentemente enviar mensagens provocativas a você? E aquela pessoa que bisbilhota todo o santo dia seu perfil no Orkut? Ou com aquele que lhe dá “Boa Noite, durma com meus anjos!” toda a noite no Twitter? Tudo isso gera uma certa insegurança e incomoda? Lógico que sim! Mas o que é isso a final?
Diferente do CyberBulling onde se tem uma ação ativa do agente, que provoca, ridiculariza, ofende e difama a vítima, por escritos, publicação de vídeos ou fotos, estamos a falar do Stalking, onde a violência é “sutil”, e muitas vezes só perceptível à própria vítima. Algo em comum? Ambas as práticas almejam abalar o “psicológico” da pessoa.
CyberStalking, nada mais é do que a versão digital do Stalking (caçada, do inglês), uma forma de violência suave, que atua à margem da Lei e na linha tênue que separa um elogio, aproximação ou manifestação com segundas intenções difamatórias e de abalo ao subconsciente e paz interior da pessoa, a chamada “marcação serrada”.
Imagine aquela pessoa que segue seus passos na rua, mas não lhe agride nem lhe ofende, só lhe segue…Imagine que ela sempre faz questão de cruzar por seu caminho, onde um simples “olhar” pode danificar mais do que qualquer palavra ou ato. O problema é que “olhar” não é crime! Ou seja, ao buscar a ajuda de alguém é comum que ouça “Mas ele está apenas sendo gentil…”, ou seja, somente a vítima sabe mensurar os danos que o stalker provoca.
Este é o Stalking, e ele tem se potencializado na Internet graças a falsa idéia de anonimato. Muitas vezes a vítima desconhece a imagem de seu perseguidor, chega até o escritório e quer processar um nickname, sem mais nenhum dado, o que de fato é impossível.
Conquanto a maioria das condutas não possam ser punidas, temos modalidades, porém, que passam a ser criminosas, como por exemplo, ligações noturnas ou e-mails enviados ou mensagens SMS e recados na secretária eletrônica. Aqui, as mensagens são em sua maioria subliminares ou com termos que só a vitima entende (como por exemplo, termos comuns entre um casal que namorou durante anos), e isto dificulta a atuação ou o interesse da Polícia. As motivações? Ciúme patológico, amor, desamor, ódio, vingança, inveja, ou até mesmo brincadeira.
Nos Estados Unidos, um Projeto de Lei em trâmite no Comitê Judiciário da Assembléia de New Jersey traz uma punição interessante aos Stalkers que forem condenados: Além da clássica “ordem de distância permanente com a vítima”, também não mais poderão enviar e-mails a esta pessoa! Criou-se a “Ordem de distância virtual”. Outra proposta, ainda, sugere a criação de um “cadastro” de e-mails de Stalkers.
No Brasil, esta brincadeira pode sair caro, onde já tivemos casos de processos por Stalking. A Lei de Contravenções Penais prevê o delito de perturbação de tranqüilidade, em seu artigo 65, prevendo uma pena de 15 dias a dois meses, sem prejuízo da indenização cível correspondente por danos morais. Logicamente, que os casos devem ser analisados em seu contexto, pois muitas denúncias, efetivamente, não passam de infundado temor.
Como se percebe, muitas pessoas são vítimas desta violência sem mesmo saberem ou conhecerem que a Lei as protege. Fique atento, converse com seus filhos, e em caso de violência psicológica pela Internet, registre os arquivos digitais, procure um especialista para apuração da autoria e registre a ocorrência.

José Antonio Milagre é analista de segurança da informação e advogado especializado em Direito Tecnológico e das Telecomunicações.

Para ter mais sustentabilidade e certeza dos fatos apresentei o artigo a um advogado que recorro sempre que necessito e de fato este tipo de agressão implica em punição legal dentro dos termos da lei.
Como tenho este hobby de ser blogueiro sempre me deparo com comentários hostilizadores e que afetam de certa forma a imagem pessoal e profissional que busco passar. Como todo bom e eficiente blogueiro sou amigo de outros blogueiros, pois somos defensores e militantes de uma mídia que sofre muitas agressões.

Acreditar que comentários e ofensivas ficam impunes é tolice.
Acreditar que todos tem o direito de opinar porque vivemos em uma era de liberdade de expressão esta correto, porém, não se pode esquecer da ética e moral que devem ser aplicadas a todos.
Perseguição pessoal é crime e é tratada pelos psicólogos como *Distúrbio Afetivo* crime que em alguns casos leva a internação em manicômio, claro, casos estes de extrema perturbação mental.

Fique experto em relação a ofensivas recebidas, perfis fakes de Orkut e outros sites de relacionamento. Comentários sórdidos e que possam de certa forma afetar sua moral. Tudo isso é caracterizado crime e a lei é clara nestes casos.

Apenas a imagem da lei é cega, pra quem não é leigo e não deixa a opressão ser fator de prejuízo é bem mais simples resolver as coisas. Nada que um bom advogado não possa resolver.
Se esconder atrás de uma tela de PC ou maquiar IP é uma atitude covarde e medíocre. A lei quebra este sigilo assim como quebra sigilo telefônico.

Fique atento!

“A competição é a paixão das almas nobres; a inveja, o suplício das almas vis.”

<pl
(Jean-François Marmontel)

Abraços e juízo penal a todos.

Esley Zambel*

Read Full Post »

 

 

É do conhecimento de todos que Marcelo Dourado vem ganhando popularidade no BBB. Você sabe porque?

Texto retirado do site: http://seu-guei.blogspot.com/2010/02/campanha-fora-dourado-fora-homofobia.html

 

“A questão é que o povo brasileiro gosta de “Anti-Heróis”, é só perceber o histórico das outras edições do programa, o que predomina são esses tipos que não se gosta a princípio e te conquistam aos poucos por equilibrarem qualidades e defeitos: Dhomini, Diego Alemão, Max, Rodrigo Caubói, Rafinha e etc…

Dourado, se não fosse sua homofobia e machismo exagerados, serviria perfeitamente neste perfil.

Aí o que aconteceu foi que o anti-herói perdeu o controle, só que já era tarde, o público, a grande massa, já tinha se apaixonado.

Então a emissora ficou sem saber o que fazer.

Temos uma figura amada pelas massas, uma lésbica que aparentemente deu “motivo” pra ser desgostada , como contrariar tudo isso? Se tudo isso é contrariado, os telespectadores tão fãs do anti-herói perdem seus motivos para ver o programa.

Então o que a emissora faz? Ela prefere omitir… Prefere mostrar edições aonde aparentemente nada disso aconteceu, aonde a lésbica realmente fez fofoca e o anti-herói, muito justo, muito nobre, se revolta com isso.

Na verdade, o que ela fez, foi o que QUALQUER participante já fez, compartilhou com os que julga amigo, coisas dos que julga inimigos. Anamara está fazendo isso desde o começo e ninguém falou nada. Lia faz o tempo todo. O próprio Dourado tem feito isso 90% do tempo, fofoquinha, mimimi, como ele mesmo diz e a coragem que ele grita tanto ter, ele não demonstra, pois quando frente a frente com a Angélica, ele simplesmente cala.

O grande público sem ver tudo isso nas edições do programa, aplaude.

Ele está bravo com toda razão, ela fez fofoca! Coisa nunca feita antes no BBB, coisa nunca feita antes por ele, que combinava votos loucamente no primeiro programa que participou e foi expulso com 68% de rejeição. As pessoas se esquecem rápido… E o pior não estão vendo a história toda.”

 

Eu apoio a campanha. Tenho acompanhado o programa. E não é apenas pelo direito ao respeito da classe GLBT, mas sim, pra tentar mudar esta fraqueza do povo brasileiro de transformar figuras asquerosas como heróis.

É simples enxergar: Associe a realidade política do nosso País. O atual cenário de nossa Capital Federal onde Arruda já havia sido denunciado, acusado por crimes políticos e mesmo assim conseguiu se reeleger como administrador  do povo brasileiro e provou que é um calhorda, político sujo, pessoa desonesta.

E agora mais uma vez vemos isso se repetir em rede nacional. Os Blogs e sites que falam que a classe GLBT esta revertendo a situação a favor dos homossexuais estão atrás de promoção para um machista, hipócrita e asqueroso. São apenas amigos no qual fazem campanha para manter um tipo que não tem tipo ganhando mídia nacional.

Acordem! Meu povo. Assistam os vídeos abaixo, façam acontecer. Denunciem!

Façam parte desta mudança também!

Links retirados do site: http://seu-guei.blogspot.com/

§                  Youtube 1 – [ http://www.youtube.com/watch?v=aWcT2thJ50M ]

§                  Youtube 2 – [ http://www.youtube.com/watch?v=reAwhR_j64A ]

§                  Dailymotion – [ http://www.dailymotion.com/video/xcb4yx_n ]

§                  4Shared [ http://www.4shared.com/file/226403901/2a145c30/bate_em_mulher.html ]

Vídeo de momentos homofóbicos:
http://www.youtube.com/watch?v=nByq3MtfSek

Dourado sendo preso por posse de drogas:
http://jbonline.terra.com.br/jb/papel/cidade/2005/12/17/jorcid20051217003.html

Será que isto é o suficiente para que seu voto faça a diferença?

Vote  – http://bbb.globo.com/BBB10/Paredao/Votacao/0,,17411-p-2801,00.html

A questão não é a permanência dos coloridos na casa.

O fato é dar a Cezar o que é de Cezar. Dos 3 emparedados o desmerecimento maior é do Marcelo Dourado. Ele já teve a chance dele, e se fosse para dar outra, que fosse para um participante que pudesse servir de exemplo para a sociedade. Dourado é sinônimo de desordem.

Faça a diferença! Mude a realidade, faça acontecer.

Nunca divulguei o número de visitas deste Blog, mas desta vez é merecedora.

São 4 meses de vida, mais de 25.000 mil visitas, vale ressaltar que este blog não é divulgado de forma alguma, as visitas são espontâneas e possui um público formado, prova disso são as visitas computadas da Home Page.

Eu peço o apoio de vocês! Amigos dos Blogs e sites façam artigos matérias. Vamos colocar o Dourado fora do BBB.

 

 

 

 

 

Esley Zambel* Eu faço parte  – Meu dedo cai, mas o Dourado sai,

Read Full Post »

Capa revista "Parade" - "Tive que aprender as regras da minha vida de novo"

OMG!

Para tudo!

Elton John surtou… Amarra ele.

Em entrevista a uma revista norte americana intitulada “PARADE” Elton de 62 anos declarou que Jesus Cristo era gay.

Como assim? Jesus declarou sua sexualidade?

“Acho que Jesus tinha muita compaixão, era um homem gay superinteligente, que entendeu os problemas da humanidade”

Superinteligente eu concordo agora gay? Ah não! Morri 3 vezes… Isso é preconceito.

“Jesus queria que nós amássemos e perdoássemos. Não sei o que faz as pessoas serem tão cruéis. Tente ser uma lésbica no Oriente Médio –é melhor estar morto.”

Concordo John, isso foi intenso e profundo. Mas declarar que Jesus era gay ta parecendo Brity na época louca da vida que fazia e falava merda pra ganhar evidência. Calma querido, toma o remédio da pressão.

Na mesma entrevista ele fala que teve que aprender novamente as regras da vida dele, relata como conheceu seu atual companheiro e sua dificuldade na adoção de uma criança Ucrâniana.

Para ler na íntegra a reportagem que esta em Ingrês Rs³ acesse http://www.parade.com/celebrity/celebrity-parade/2010/elton-john-web-exclusive.html – ele fala sobre o envolvimento com drogas e suas relaçãos afetivas, e descorre também sobre seus amigos.

Enfim néh gente… Muita calma ao declarar coisinhas fortes assim. Jesus não é filho do vizinho.

Ah! O filho do vizinho também merece o direito a discrição.  

Acredito que Jesus ama e amou a todos com muita igualdade e respeito independentemente a sexualidade e todos os outros termos que a sociedade rotula e impõe a nós mortais. Arco íris é o símbolo da diversidade, Jesus ama todos e a imagem é simpática.

Amém!

Kisses Elton… GoOoOrfei litros com você agora.

Affy!

Esley Zambel° OMG!

Read Full Post »

 

Eu não ia escrever nada sobre o Festival The Join, porém me sinto na obrigação de divulgar a nota de esclarecimento liberada pela produção da festa sabendo o alto índice de visitas que este Blog possui em Goiânia, Brasília, São Paulo e Tocantins onde é o meu foco de trabalho. 

Antes preciso esclarecer que – O Blog cicuta não possui parcerias com nenhuma casa noturna ou produtora de eventos, pois este não é minha intenção enquanto blogueiro. Este é um Blog pessoal com idéias e fatos gerais.

Então . . . Vamos ao que interessa.

NOTA DE ESCLARECIMENTO
The Join Festival

O The PUB e a DJ Laurize vem através deste, agradecer o suporte de seus parceiros, assim como todas as pessoas que marcaram presença no Festival The JOIN nos dias 18, 19 e 20 de Dezembro.

Gostaríamos de informar que Tony Moran e Bill Hallquist partiram de nossa cidade muito contentes com o resultado e deixaram dezenas de elogios para a galera que balançou a pista nestes últimos dias e que não conteu forças para finalizar em nosso AFTER no The PUB, onde o DJ André Queiroz e os residentes fizeram da manhã de domingo uma extensão da noite de Sábado, finalizando com muita energia e alegria os três dias de evento.

Esperamos que esta experiência se repita novamente nos anos que estão por vir, e que tudo seja parte do aprendizado, pois é partindo desta idéia que o The PUB e a DJ Laurize esperam a cada ano criar condições agradáveis para que nossa sociedade possa entender a importância de abrir mais espaço cultural e turístico na cidade de Goiânia.

O festival, como vários eventos, tem seus imprevistos, porém muitas vezes o controle foge de nossas mãos e por esta razão gostaríamos de repassar que o som foi finalizado antes do desejado devido forças externas.

Foi ordenado por um órgão de segurança que o evento fosse terminado naquele horário através de um oficial superior com a explicação de que em poucas horas um evento filantrópico seria iniciado no estádio Serra Dourada, e todos deveriam evacuar o local para que a segurança do evento fosse organizada.

Tentamos evitar alegando as cláusulas de nosso contrato com o Estádio Serra Dourada, mas fomos pressionados, e prezando pela integridade física das pessoas que ali estavam, optamos, com muito pesar, em seguir as orientações deste oficial e não tivemos outra opção.

Devido este constrangimento, houve atraso na abertura do The PUB para o AFTER, pois estávamos programados sem a expectativa de que seriamos forçados a finalizar a festa no Estádio com meia hora de antecedência.

Acreditamos no entendimento de todos e esperamos que nos próximos eventos, situações como esta não venham a acontecer. Porem, não podemos deixar de lembrar que foram três dias de muita gente bonita, um ambiente agradável e muito carinho de todos as pessoas que abrilhantaram nosso evento.

Atenciosamente,

Equipe The PUB & DJ LAURIZE

 ——

Realmente a produção da The Join esta de parabéns.

Sabemos que a festa no Serra teve encerramento ás 5:30h por pura homofobia da Policia Militar.

É claro, precisamos que esta informação seja repassada para que as pessoas que se deslocaram de outros estados não pensem que Goiânia não possui fôlego para continuar a festa em um After ou que houve falta de organização.

Feedback – A produção do evento deveria ter informado ao público ( na festa) o porque do término naquele horário. Não somos seres imorais que possam causar constrangimento a um evento solidário ás crianças no Natal. E outra, a mídia local deveria direcionar a nota publicada pela produção da The Join, isto é HOMOFOBIA e não podemos nos calar diante deste fato.

As pessoas merecem respeito e os meios de comunicação que estão inseridos neste processo precisam difundir e discutir estes fatos infelizes que somos obrigados a passar.

Fui  ao Festival no sábado.

Umas das mais FABULOSAS produções já vistas em Goiânia e olha que minha presença é freqüente na noite Goiana, independente do segmento, assim como em outros estados e não deixamos a desejar. Goiânia esta de parabéns.

Eu nunca havia ido há uma festa que me respeitasse enquanto cliente. Digo isso em relação ao bar. DETESTO FILA. ( todas as “megas produções” que alguns produtores dizem fazer sempre pecam) E neste ponto a equipe The Join mostrou que economia não se faz com o público. Merecemos respeito e este a organização fez questão de prestar com muita categoria.

Adorei o som dos Dj´s convidados. Mas cá pra nós. Nosso Rei Silver ARRASOU! Abriu a pista e deixou saudades com gosto de quero mais, mereceu palco interativo (daqueles que cospem fogo e sputinique. Tipo produções das festas do Pará – quem não conhece joga no google) Laurize foi  ALGO não tem como explicar, talvez a palavra FANTÁSTICA seja adequada.

Outra dica para as produções e casas noturnas de Goiânia. *Nossos Dj´s são os artistas maiores das festas. São eles que seguram o público e fazem a noite acontecer. É uma classe desvalorizada. Sem eles, os empresários não seriam nada.

Pelo amor de Deus! Valorizem nossa arte. DJ é artista e eu enquanto artista e ativista da arte grito. Quanto mais NOME nossos Dj´s tiverem mais valorizados serão e mais público as casas noturnas terão com seus residentes. É uma questão de lógica, é uma questão de gestão.

Eles merecem a mesma evidência e interação com a produção (telões, vídeos, flyers que os outros Dj´s.)

Cachê de Drag Queen é maior que cachê de DJ. Ambos são artistas e quem põe a pista pra ferver é o som e este só eles sabem fazer.

Então é isso pessoal! Que as produções desta grandeza sejam continuas. Todos puderam ver que público e categoria nós temos.

The Join – Eu quero a próxima!

Esley Zambel*

Read Full Post »

Post abordava briga em colégio do CE; internauta insultou diretora.
Blogueiro perdeu prazo para recurso e juiz ordenou penhora de bens.

Mariana Oliveira e Marília Juste Do G1, em São Paulo

 Por conta do comentário de um internauta em seu blog, o estudante de jornalismo Emílio Moreno da Silva Neto, de 33 anos, morador de Fortaleza (CE), foi condenado pela Justiça cearense no mês de julho a pagar uma indenização de R$ 16 mil.

 Emílio perdeu o prazo para recorrer e, no último fim de semana, recebeu uma notificação de penhora de bens para o pagamento do valor.

O caso começou em março do ano passado, quando o universitário repercutiu em seu blog uma briga entre dois estudantes do Colégio Santa Cecília, na capital cearense. No comentário, um internauta insultou a diretora, uma freira chamada Eulália Maria Wanderley de Lima, e criticou sua atuação na intermediação da briga dos estudantes.

No segundo semestre do ano passado, a diretora da escola abriu uma ação por danos morais contra o blogueiro. Nas quatro primeiras audiências, segundo informações do Tribunal de Justiça do Ceará, o estudante compareceu e a diretora, não. Ela alegou viagens e outros compromissos profissionais.

Na quinta audiência, foi o estudante quem faltou, mas, ao contrário da diretora, não deu justificativas. Por conta disso, o juiz aceitou a ação e o condenou ao pagamento de 40 salários mínimos, o equivalente a R$ 16,6 mil na época. Emílio perdeu o prazo para recorrer e a ação transitou “em julgado” — ou seja, não há mais possibilidade de recursos.

No último sábado, dia 21 de novembro, Emílio foi notificado sobre o mandado da Justiça de penhora de bens para pagar a quantia e tem possibilidade de tentar reverter a penhora.

O estudante afirma que não tem bens para serem penhorados e alega que tentou resolver o caso “amigavelmente”. “O que eu realmente lamento é que não tenha havido um diálogo mais tranquilo, sem que houvesse a necessidade de uma ação na Justiça. Ofereci direito de resposta, apaguei de imediato o comentário. Enfim, acho que tudo isso é fruto de um grande equívoco. Lamento realmente.”

  Exclusão do comentário

O advogado Helder Nascimento, que defende a diretora da escola, porém, diz que antes de protocolar a ação pediu para que o comentário fosse retirado. “Pedimos para retirar e ele não retirou dizendo que era cerceamento da liberdade de expressão. Solicitamos que informasse quem era o titular do e-mail e ele se recusou. Não podemos deixar um cliente ser violentado.”

Na versão do blogueiro, cerca de dois meses após o post e o comentário um escritório de advocacia da capital cearense entrou em contato com ele.

“Eles queriam, por telefone, que eu identificasse o autor do comentário. (…) No início achei que fosse algo muito estranho. Uma pessoa me liga e pede a identificação de um comentarista do blog. Eu não passei. Consultei o sindicato dos jornalistas do Ceará, a assessoria jurídica deles e no início de setembro chegou o mandato de citação do 11º Juizado Especial Cível.”

O estudante afirma que, embora não tenha passado a identificação de imediato, retirou o comentário do ar após o primeiro contato. “A minha intenção desde o princípio foi produzir conteúdo relevante e acima de tudo, local. Nunca tive a intenção de promover ataque nenhum a ninguém.” 

Segundo Emílio, o e-mail dado pelo internauta era falso.

O advogado da freira, Helder Nascimento, diz que a Justiça avaliou o caso como “violação do direito de imagem”. “Ele (Emílio) é o responsável pelo blog e foram veiculadas matérias ofensivas à pessoa que é uma religiosa, uma freira. E isso foi interpretado como excesso na liberdade de expressão.”

Mediação

Para o advogado, o blogueiro deveria ter bloqueado as ofensas. “O blog tem mediador que faz a filtragem. Se isso existe tem uma finalidade, não está ali à toa. Ele permitiu que fosse veiculada uma ofensa a outra pessoa. (…) Embora ele não se sinta responsável, tem uma responsabilidade que extrapola o querer dele.”

O advogado avalia ainda que a internet “não é um campo ilimitado”. “Há muita discussão sobre o uso da internet. Mas há limite técnico em todas as relações, inclusive na internet.”

Emílio diz se sentir injustiçado pela sentença. “Me sinto tão vítima quanto a Irmã Eulália. Na minha inexperiência jurídica, fui usado por alguém que certamente e deliberadamente queria atacar a diretora da escola e usou meu blog e a minha boa fé pra isso. Acho importante ponderar isso. Me sinto usado por um anônimo e punido por algo que eu nunca queria que tivesse acontecido.”

De acordo com o estudante, o blog existe desde 2006 e analisa a mídia local e o cotidiano de Fortaleza.

Para o blogueiro, casos como o dele poderiam ser evitados com uma legislação clara sobre a internet.

“Quero mobilizar e sensibilizar as pessoas que militam nas redes sociais da importância de discutirmos e pressionarmos nossas autoridades para uma legislação clara e que possa amparar quem produz conteúdo na rede. Toda vez que conto essa história para alguém as pessoas ficam impressionadas. Há muita desinformação sobre tudo isso.”

 Matéria do G1 – GLOBO.COM – http://g1.globo.com/

  Então…. 

 Eu já fui vítima de acusação por comentários em Blog´s  e olha que eu nem tinha feito. Se tem uma coisa que faço bem é colocar a cara pra bater.

  Visitei, li, acreditei que a minha opinião é necessária, COMENTO MESMO! 

  Só que não faço maquiagem no meu nome, não coloco e-mail falso.

 POXA! Eu parei pra ler. O artigo me intrigou, despertou algum sentimento, quero comentar. Então EU coloco minha pessoa a frente.

Não estou hostilizando quem se esconde atrás de Nicks ou personagens psicóticos do subconsciente (achei tão bonito isso hauaha).

É de direito não revelar a identidade, porque existem milhões de formas e fórmulas de burlar os sistemas. Não são todas as pessoas que possuem identidade e personalidade para mostrar quem “se” é de verdade.

 Mídia e Internet estão ai para serem exploradas. Faça bom uso delas!

 Em relação ao processo que foi movido contra o Blogueiro Emílio Moreno vou questionar uma coisa.

 Entro em um bar. E o JOÃOZINHO esta falando mal de mim.

Vou até o dono do bar, e mando expulsar o JOÃOZINHO do bar.O dono do bar não faz, ai eu processo o dono do bar.

Entenderam? O caso de omissão as ofensas feitas contra a professora poderia até ser avaliada de uma outra forma, agora ser condenado a pagar indenização é muito pra mim.

 Este Blog CICUTA não possui moderação nos comentários, ele foi criado com o intuito de promover a liberdade de expressão, porque esta, eu preso muito, porém, leio todos, até os esdrúxulos, alguns eu ainda respondo. Se algo for escrito de extrema ofensa e for direcionado a um terceiro, este sim sofrerá moderação, se for contra a minha pessoa ou contra este Blog o comentário irá permanecer, pois como o Blogueiro foi processado a pessoa que comenta também pode ser.

 E a justiça esta ai para fazer sua parte, às vezes com competência, às vezes não.  

Esley Zambel* Sem moderação

Read Full Post »

Older Posts »